03 agosto 2006

Guerra da informação

O ataque israelense a vila libanesa de Qana que deixou mais de 50 mortos, como não poderia deixar de ser, ainda repercute. E não bastasse as mortes agora são as fotos da tragédia que causam polêmica. O blog inglês EU Referendum levantou a suspeita que estaria havendo uma "guerra de propaganda" contra Israel. O blog afirma que as imagens divulgadas pelos principais veículos de comunicação da Europa, tentam aumentar o sofrimento dos líbaneses, transmitindo a mensagem que são os israelenses o grande vilão nessa história.

A grande suspeita do blog Eu Referendum está baseada na constante presença de um homem de capacete verde, que em todas as fotos está carregando "heroicamente" crianças mortas. Detalhe o homem e as crianças seriam as mesmas em todas as imagens. O blog divulga as imagens veiculadas pelas agências Reuters, Associated Press e France Presse. As diferentes agências divulgam as mesmas imagens de resgates com horários diferentes.

Se ouve ou não manipulação isso veremos. O que se tem que levar em consideração é que após a divulgação das imagens os ataques dos israelenses cessaram, ainda que temporariamente.



Veja o blog Eu Referendum

6 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Parece um "onde está wally?" mesmo que fosse uma unica criança já seria uma bárbarie.

Primavera Negra disse...

Essa quastão está tão permeada de sordidez, de leviandade e de descaso pelo sofrimento e pela vida das pessoas, que não dá pra duvidar de nada. De parte a parte.

Kafé Roceiro disse...

O que me deixa chateado é que Israel não cumpre nenhum acordo de paz.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Patrick:

...esse é o outro lado sinistro da guerra.
A guerra da propaganda.
Bem observado.

Um abraço,


Há nova postagem no EG a merecer o teu comentário.

Ailton disse...

Ei rapaz pelo visto você voltou a azucrinar o povo que se esconde atrás dos belos ternos. Vê se não fica mandando´só esse tipo de coisa tô sem tempo, manda coisas engrançadas e não ... !

Marcos Vasconcelos disse...

Patrick,

Dá uma passada no www.youtube.com e pesquisa a palavra "pallywood". Aí vc vai ver o que é guerra de desinformação. Os assassinos de Alá são mestres nisso. A única coisa que interessa mesmo é varrer Israel do mapa, nem que seja usando a própria família como escudo humano para promover o ódio e a destrução do povo de Israel.

Golda Meir, ex-primeira ministra de Israel algumas décadas atrás, costumava dizer que os árabes não estão interessados naquilo que é melhor para eles, mas no que é pior para Israel.

Seja como for, eles não prevalecerão, Israel os derrotará como sempre, quer a "opinião pública" goste ou não.