04 agosto 2006

Operação dominó

O algemado aí ao lado não é membro do PCC, muito menos parlamentar envolvido na CPMI dos Sanguessugas, ele é, nada mais nada menos, que o presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Sebastião Teixeira Chaves. Ele juntamente com outras 22 pessoas, foram presas hoje pela nossa gloriosa Polícia Federal. O motivo das prisões: acusação de desvio de recursos públicos. Dentre os presos estão também deputados estaduais, um juiz e um procurador.

De acordo com a Polícia Federal, a operação foi desencadeada para desarticular uma organização criminosa que age na Assembléia Legislativa de Rondônia. O grupo também é acusado de exercer influência sobre agentes do Poder Judiciário, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e do Poder Executivo. As investigações tiveram início em junho de 2005.



A Operação Dominó, como foi denominada, faz buscas, apreensões e prisões nos estados do Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso, Acre e Rondônia. No cumprimento dos mandados de busca e apreensão, o filho de um deputado foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

A fraude, segundo a Polícia Federal, é de cerca de R$ 70 milhões.

Os crimes inicialmente investigados foram revelados em fitas gravadas pelo governador do estado de Rondônia, Ivo Cassol. O candidato a vice governador na chapa de Cassol, Carlos Magno, também foi preso. Ele é acusado de desvio de verbas públicas quando foi chefe da Casa Cilvil no atual governo de Cassol.

8 comentários:

Alexandre, The Great disse...

Gostaria de ver um "sapo barbudo" algemado desse jeito.

Quem dera... quem dera...

petista disse...

Alexandre, o Lula é espada. Não tenha fantasias sexuais com ele não. E tbm não deve ser chegado a usar acessórios na prática sexual. Arranje um tucanão do bico (não só o bico) bem grande e deleite-se

Helena de Tróia disse...

Parabéns pelo blog investigativo.

Saramar disse...

Patrick, boa tarde.
voltei depois de uns dias de férias.

Outro caso vergonhoso, não? Imagine um estado em que quase todas as autoridades estão envolvidas em corrupção!!!
o Brasil realmente está atolado na lama. Enquanto nós, os cidadãos fazemos nossa parte, pagando impostos mais que abusivos, a impunidade garante que esses criminosos assaltem a pátria.
Por isso, eu defendo o fim da imunidade parlamentar e dos foros privilegiados.
Bandido é bandido e como tal deve ser tratado, não importa se esteja na favela ou no Forum ou no Congresso nacional.

Beijos e boa semana para você.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva:

Uma coisa é certa, com estas detenções também se mostra que os prevaricadores são denunciados e, no mínimo, incomodados...ainda que saibamos que no fim não vai dar em nada.

Mais uma amiga visita...
como não podia deixar de ser,
E novo artigo no Estados Gerais,
Onde o teu comentário gostarei de vêr.

Um abraço,

Kafé Roceiro disse...

Fiquei muito chateado com isso. Você vê que nem o alto escalão da justiça escapa. E no meu modo de ver é o poder que deveria dar aulas de ética. Bah!

José Manuel Dias disse...

Sinal que a Justiça funciona...o combate á corrupção é a melhor forma de fortalecer a democracia.
Abraço de Portugal.

José Justino de Souza Neto disse...

A ação da PF tá incomodando muita gente.
He!He!He!