02 agosto 2006

Tudo em casa


O sucessor temporário de Fidel Castro no governo cubano, Raúl Castro deverá manter a rigidez no controle das ações no poder. Há quem diga que Raúl Castro é até mais durão do que Fidel. Será que é possível?

Para os cubanos, exilados no Estados Unidos, que comemoraram o afastamento de Fidel a notícia não soa bem. E olha que tem gente por lá apostando alto como Fidel já partiu dessas para uma melhor, ou melhor para uma pior. Mas segundo o embaixador do Brasil em Cuba, Tilden Santiago, a notícia é mera especulação. Mas eu aconselharia nossos hermanos a contratarem o Antônio Brito para assessoria de imprensa, para imformar os boletins médicos. Essa história eu já ouvi antes.

As críticas do governo norte-americano ao governo cubano soa como uma piada aos nossos ouvidos. Ora, os Estados Unidos atualmente são os maiores violadores de direitos humanos. Sua autoridade moral para criticar Cuba, após os abusos em Abu Ghraib e Guantánamo, foi pro brejo.



2 comentários:

Santa disse...

Tudo igual. Só lamento que doente ou partindo pra uma melhor não o veremos em um tribunal.

Kafé Roceiro disse...

Cuba já vai tarde para um processo democratico, se é que será possível...