09 outubro 2006

Alckmin incorporou a Heloísa Helena

Minhas impressões sobre o debate de ontem entre Lula e Alckmin promovido pela Rede Bandeirantes. O debate foi bom, quente, ao gosto daqueles que amam um confronto direto. Cada um falou para o seu público, no que ambos fizeram muito bem. E o que ambos fizeram bem. Lula enfatizou as comparações com as gestões tucanas e os resultados do seu governo, quando pôde. Alckmin procutou afogar Lula num mar de ataques e acusações. O eleitor roxo de Alckmin deve ter saído do debate com muito ódio de Lula. O eleitor fechado de Lula deve ter saído do debate com muita raiva de Alckmin. E os indecisos? Há indecisos e indecisos. O problema de Alckmin é que os votos em disputa foram dados no primeiro turno a candidatos identificados com a esquerda. Como alguém de esquerda e que não odeia Lula recebeu o comportamento do ex-governador ontem? Tenho minhas dúvidas. Alckmin lançou mão de uma tática arrojada: abandonou o centro. É não convencional. No fim, ficou parecendo para mim que o tucano tinha incorporado a senadora Heloísa Helena. São as ironias da política. Lula evitou Heloísa ao não comparecer a debates no primeiro turno. Foi encontrá-la "incorporada" a Alckmin no segundo turno. Nesse aspecto, talvez parcela dos eleitores da senadora tenham reforçado sua identidade com o tucano. Mas o debate foi bom. Muito bom. O melhor desde que Lula e Fernando Collor se enfrentaram no segundo turno de 1989. Foi até um pouco parecido, ainda que Lula não tenha ido mal como foi daquela vez. E você, o que você achou?

E pra quem não viu e pra quem quer ver de novo separei (diretamente do portal do IG) os cinco blocos do debate, é clicar e (re) analisar:

Primeiro bloco
Segundo bloco
Terceiro bloco
Quarto bloco
Quinto bloco

14 comentários:

rafalel_canela disse...

Patrick é por isso que eu sou fã desse blog, pela sua seriedade. Enquanto os outros destilam seu veneno da paixão política o seu vêm com uma analise sensata e correta!

Parabes

Anônimo disse...

Patirck, reflita comigo: a oposição e a mídia viviam dizendo que Lula morria de medo de ir a debate com Alckmin porque seria "destroçado". Diante disso, parece-me que o desempenho do presidente foi uma vitória para ele, pois nem o tucano mais aguerrido diria que Alckmin o "destroçou".

Eduardo Guimarães

teacher disse...

Patrick só reforçando... Lula não foi mal em 89... A globo foi q editou o debate ( o debate não foi ao vivo)...
Pra mim Lula foi muito melhor q a encomenda...
Lula disse no debate: "o mais importante não é dizer que seu governo não tem corrupção, e sim punir com rigor os corruptos quando eles surgiram."

É LULA DE NOVO COM A FORÇA DO POVO!!

LULA13 disse...

SANTA CARUPITA DO NORTE O LULA LÁ DETONOU O CHUCHU E ESSA IMPRENSA MARROM FICA BABANDO OVO PRO ALCKMIN VAI SE F...

Santa disse...

Patrick querido,

Minha opinião não é jornalística como a do teu texto. É apenas uma opinião de uma cidadã, professora universitária, que paga por ano mais de 3 meses do salário em impostos (como os demais brasileiros que trabalham).

Assisti atentamente o debate e independente do que ou como se apresentaram os candidatos só confirmei o que já está muito claro.O Brasil nunca esteve tão refém de uma quadrilha como esta que se instalou no governo.

Lula foi mal porque não teria como se dar bem. Entra em desvantagem em qualquer debate porque carrega a pecha da compra do "dossiê" e um monstruoso programa assistencialista. Perderia até para o singelo Cristovam Buarque.

Alckmin impactou por um motivo muito simples: enfrentou, diante de uma rede de TV, e desbancou o "falso mito", coisa que muitos medalhões da política e da própria imprensa nunca tiveram coragem para tal.
Bjs

LULA13 disse...

IHHHH PARECIA QUE EU ESTAVA PREVENDO QUANDO DISSE SANTA CARUPITA!

ESSA SANTA DEVE SER PROFESSORA DE UNIVERSIDADE PRIVADA.

Ô SANTA!!!!

VAI NA FAVELA, VAI NA PERIFÉRIA E VÊ QUEM É QUEM ESTÁ COM ALCKMIN E QUEM ESTA COM LULA

É LULA
É 13

Neto disse...

Perfeito, Patrick!
É assim mesmo como falou...
Há indecisos e indecisos.

Outra coisa (mudando um pouco do assunto): Quero parabenizá-lo pela visão e pelos textos imparciais que escreve nesse blog sobre política. Enquanto muitos por aí preferem "meter o pau" em A e B, seus posts fogem dessa vala comum dos blogueiros que só criticam, não tem o que dizer - e nem a acrescentar.

Quanto a minha opinião...
O debate foi bom. Eu percebi o Alckmin logo no ínicio tentando ganhar os votos dos eleitores da Senadora HH com sua estratégia de ataque ao presidente.
Que o governo Lula tem defeitos. Tem, sim!
Mas nada que prejudique a imagem que o presidente tem e deixou do país. Existe mesmo muita coisa a melhorar, é verdade. Mas não vejo candidato forte para derrubar Lula.
Quem sabe no futuro...
No momento só quem deve ganhar é ele. Se não houver pirotecnias, claro!

Abraços

Primavera Negra disse...

Oi, Patrick!
Muito bom, o texto!
Pra mim o Alckmin comeu o Lula com farinha.
Fez o analfabeto ficar com cara de otário em rede nacional e destruiu a imagem de paizão que ele tenta vender.
Chamou-o na lata de mentiroso, fraco, incompetente e desinformado. Exibiu uma série de dados que comprovam a mediocridade e as mentiras desse governo corrupto e fascistóide.
Pra mim só falhou ao não defender o governo FHC, que lançou as bases econômicas, sociais, institucionais e morais do que virá a ser o Brasil moderno e ao não falar mais de suas propostas, para fazer um contraponto ao vácuo propositivo que já é marca histórica dessa piada chamada petismo.
Eu não estava indeciso, como estava até alguns dias antes da eleição, quando decidi não anular meu voto, mas se estivesse, não teria mais como não votar no Alckmin.
Não à toa, Lula saiu bufando de ódio e arrependimento da Bandeirantes, como relatam os jornalistas que estavam por lá e denuncia o comportamento de seus auxiliares após o debate ( a entrevista da Marta deve entrar para alguma antologia do ridículo político mundial...).
Abraço,
Renato.

Alexandre, The Great disse...

Vim, atendendo o convite, li e analisei sua posição.
Não espere que me posicione.
Fui!

Ricardo Rayol disse...

eu, eu, eu o Lula se deu mal.

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Patrick:

Quantos mais debates houver mais prejudicado será o Lula muito simplesmente porque não tem "figura" nem postura de político para tamanhas responsabilidades.
Isso é um facto.

Um abraço,

Valter Abrucez disse...

Patrick:
Coincidentemente, eu comentava com amigos, no meu trabalho, que Alckmin assumiu um perfil heloisista no debate. Foi agudo. Mas, pergunto: e de que modo deveria enfrentar um opositor que, além de já ser presidente, lidera a corrida eleitoral, senão tentando descontrui-lo. Alckmin fez o papel que lhe cabia. A gente vai saber a repercussão disso nesta terça ou quarta-feira, quando devem sair pesquisas do DataFolha e do Vox Populi.
Grato pela visita lá no "De conversa...".

Ditão, pega a Marta, pega! disse...

Por que o PT não escolheu antes Marta Suplicy para coordenadora de campanha? Quem sabe Lula já tivesse sido derrotado no primeiro turno. Nesta terça, ela continuou a atacar o desempenho de Geraldo Alckmin no debate de ontem, sinal evidente da derrota de Lula. Vejam que não há tucanos criticando a atuação de Lula. Ao contrário: devem tê-la considerado impecável. Segundo a ex-prefeita, Alckmin lembrou Collor em 1989. Huuummm. Pois é. Lula perdeu aquela eleição. Bem lembrado. Dezessete anos depois, o “caçador de marajás” apóia qual candidatura? A de Luiz Ignorácio Lula da Silva. A mulher também adora pisar em terreno minado. Disse que, se o tucano fosse um Rambo de verdade, não haveria PCC em São Paulo. Quem fala? Aquela cujo assessor teve prisão preventiva pedida, acusado de ligações com o... PCC... Continua, Marta, continua. Olha que o Ditão de Pinda ainda te pega...RA

Givanildo Santos disse...

SANTA, você é uma privilegiada, não esqueça disso.
Muitos comentários foram feitos, cada uma defendendo seu ponto de vista.
Já viram o resultado da última pesquisa?