06 novembro 2006

É hora de recomeçar


Primeiramente devo desculpas aos amigos leitores deste blog por estes sete dias que não posto nada por aqui. Tenho meus motivos. Um, é que irei prestar vestibular esse ano, para o curso de Direito - as provas serão realizadas no domingo e segunda-feira próximos - e tenho intensificado um bocado nos estudos, espero me dar bem. A outra é uma confissão. Devo confessar a vocês que me sinto como aqueles soldados que voltam da guerra e têm enormes dificuldades na readaptação à vida normal. A eleição acabou e é quase desesperador perceber que os assuntos a tratar serão os mesmos de sempre. Percebo o quanto Deus foi generoso com o faraó, no Egito Antigo, quando alternou sete anos de abundância com setes anos de escassez. No meu caso, foi um ano de abundância para três que prometem ser de escassez. Você sabe que neste blog escândalos são tratados apenas tangencialmente. Prefiro assim, nada de muita firula. Nada contra, mas não é a minha especialidade.

Mas se esta não é minha especialidade, então qual seria? Um leitor do blog mandou um e-mail a alguns meses dizendo o seguinte: "essa política sobre a qual você escreve não existe; essa coisa orgânica, programática, não é real". Respondi ao e-mail, e digo aos demais que pensam como ele: percam a esperança de me fazer desistir. Resistirei! Para os próximos dias (logo após o vestibular) tenho uma meta a cumprir, me dedicarei a discutir a política de alianças do governo Lula neste segundo mandato. Aqui você não lerá que a oposição precisa ser patriótica e ajudar o governo a aprovar os seus projetos. Ao contrário. Toda vez que alguém relevante falar em pacto, concertação ou entendimento, estarei a postos para lembrar que uma oposição verdadeiramente patriótica é a que faz o seu trabalho de oposição. Toda vez que a lenga-lenga concertacionista voltar ao noticiário, alertarei que essa conversa costuma aparecer sempre que o PT é confrontado com a necessidade de ceder espaços políticos aos aliados para formar uma base sólida de apoio ao governo no Congresso.

Outro tema que merecerá um investimento de tempo serão os programas sociais, esses que tanta gente diz que foi o melhor cabo eleitoral do Lula neste campanha. Continuarei aqui militando nas fileiras dos que consideram absolutamente irrelevante exigir contrapartidas das famílias que recebem complementação de renda do Estado. Defenderei sempre, por exemplo, que o trabalho infantil é ilegal, e que assim deve ser tratado. Mas manterei vivo o desafio de perguntar aos "contrapartideiros": vocês acham que o governo deve cortar a ajuda às famílias cujas crianças trabalham? Essa é a maneira de combater o trabalho infantil? Afundar os pais ainda mais na miséria?

De vez em quando tratarei também da imprensa. Como não tenho graduação por nenhuma faculdade de engenharia de obras feitas (até porque não tenho graduação nenhuma), resistirei a julgar o trabalho alheio e lembrarei sempre que a democracia não existe sem a absoluta liberdade de imprensa. E que a democratização da comunicação é uma função matemática com fortes traços de linearidade: quanto mais veículos, mais democracia. Para os mais exaltados, defenderei que a reeleição de Lula foi uma das demonstrações mais cabais de que a liberdade de informar convive bem com a soberania política do eleitor, mesmo nas situações mais extremas. Que mais? Ah, sim, aqui a Política será defendida com unhas e dentes. Persistirei na luta em defesa da prerrogativa de o Congresso Nacional emendar a proposta orçamentária do Executivo, e lembrarei que o Legislativo nasceu exatamente para isso. Nessas ocasiões, argumentarei que, do contrário, melhor seria voltar aos tempos da monarquia absoluta, em vez de eleger um ditador a cada quatro anos. Cerrarei também fileiras com os que consideram absolutamente legítimo os partidos reivindicarem cargos e espaço político para apoiarem o governo, e que a toda acusação de fisiologismo corresponde alguém que não quer largar do osso, alguém que se esconde atrás de um biombo "ético" para manter sua posição de poder.

Para concluir (por enquanto), aqui me baterei pelo primado do Estado de Direito. Sempre. Incondicionalmente. Esses são os meus princípios e propósitos. Só lhe peço uma coisa. Você me fará um grande favor se fiscalizar duramente o meu dia-a-dia, para verificar se estou sendo coerente com o que me dispus a fazer.

19 comentários:

gustavo disse...

OLÁ PATRICK DE VOLTA HEIN ESTAVAMOS SENTINDO SUA FALTA

ESTE SEU TEXTO ESTA OTIMO

Lenildo disse...

Muito bem, desejo boa sorte no vestibular...

Abraços

calario disse...

É muito bom saber que uma pessoa tão jovem tem pensamentos como os seus. Ah se todos fosse como você, aí sim concordaria em dizer que os jovens são o furuto do Brasil. Parabens Patrick!

josemariafontelle disse...

Patric isto nao eh um post, eh uma aula!

Blogue da Magui disse...

Eu acho qeu vc irá bem no vestibular porque escreve muito bem e percebe-se que tem cultura, rumo e sabe o quê quer.Qt o projeto de lei sobre a internet, se vc for ver lá no protal do Senado verá que não é nada do que estão falando.Eu estou pensando em fazer um texto bem simples sobre a questão.Não vou fazer análise jurídica porque o projeto é embrionário e nem cabe nesse momento.O que eu sei é que a mídia está mentindo.

Anônimo disse...

Muito bom seus textos

carlossanzio disse...

A verdade é que nós brasileiros precisamos ser supra-partidários. Não adianta, Lula foi reeleito, o que está em jogo é o futuro do Brasil

Anônimo disse...

fELIZ POR SUA VOLTA

ednaldowanderley disse...

Quando vc escreveu q haviam t chamado de suiço nao entendi o motivo, agora eu ja sei pq!

poe lenha na fogueira ai rpz

Ricardo Rayol disse...

Quer dizer que vai aprender a fazer direito? rs

Beleza pura e boa sorte.

Neto disse...

Patrick...
Não se preocupe com o contraditório. Isso existe, e sempre existirá em todas as esferas. Principalmente entre àqueles que fazem sucesso ou que brilham.
Bons ventos o trazem e bons ventos o levarão aonde deseja ir.
Você escreve muito bem, e confesso que passei a me interessar (ainda mais) por política lendo blogs como os seus.
Imparcialidade, coerência e neutralidade nas questões eu sempre encontrei aqui.
E como se diz por aí... "Não se dúvida da sensatez".

Abraços, amigo!
E sucesso nas provas!

ricardo vasconcelos disse...

CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE!

Parabéns! Desempregados que trocaram seu voto por R$ 60,00 do bolsa família ao invés decobrar os 11 milhões de empregos prometidos na campanha de 2002!

Parabéns! Aposentados que trocaram seu voto pelo dinheiro adiantado do seu 13o. salário, oferecido justamente no ano eleitoral, ao invés de perguntar por que isso não foi feito desde o 1o.ano de governo!

Parabéns! Brasileiros que apoiaram a manutenção do mensalão, sangues sugas, dólares na cueca, corrupção, compra de falsos dossiês, assassinatos de políticos e testemunhas; e tramóias que eles aprenderam a fazer desde o tempo das eleições dos sindicatos!

Parabéns! Militantes do partido que se deixaram banhar por uma vergonhosa lavagem cerebral e continuaram acreditando que O PT é honesto e o “santo” DO LULINHA não sabia de nada...

Parabéns! Familiares de presidiários, que apoiaram um governo que fez apenas 1 presídio em 4 anos com 74 vagas, ao invés do outro que esteve sob sua responsabilidade 144 presídios e de mais de 127 mil presos!

Parabéns! Motoristas e caminhoneiros que apoiaram um governo que em 4 anos fez apenas uma operação tapa buraco ( por sinal, mal feita ), ao invés de apoiar um candidato que governou um estado que possui 10 entre as 15 melhores rodovias do país !

Parabéns! Francenildos, caseiros, faxineiras e empregadas domésticas que apoiaram um governo cujo seu Ministro invadiu o sigilo bancário de um pobre cidadão que falou a verdade e revelou a casa de negócios do governo! O seu sigilo poderá ser o próximo!

Parabéns! A maioria dos nordestinos, que apoiou um presidente que fez mais de 100 viagens ao exterior, e que só vai à sua região em época de eleições, ou quando é obrigatória uma escala técnica de seu novíssimo avião presidencial!

Parabéns! Mineiros, Cariocas e Baianos que em sua grande maioria apoiaram um candidato que além de não fazer nada na sua região, ficou de joelhos para Evo Morales, e que em breve terão uma surpresa ao ver o aumento do gás que virá após as eleições!

Parabéns! Banqueiros que apoiaram um governo cujo sua principal contribuição foi fazer suas empresas ganharem dinheiro como jamais de viu, enquanto o país cresce a 2,5 % ao ano, ficando atrás de quase todos os países da América Latina !

Parabéns a todos que se incluem acima!
Vocês merecem o governo que têm!

Defensor, O Maldito disse...

Boa sorte no vestibular, mas não se esqueça que a mulherada não quer saber se você faz somente direito, tem que fazer gostoso também, he he!
Abraços

Nat disse...

Patrick, uma pergunta que deve ser feita: por que o trabalho infantil cresceu sob o governo Lula APESAR do aumento expressivo do número de famílias que recebem o bolsa-família? Falta de fiscalização? Relaxamento da contrapartida de frequência escolar?

Bjs

Romeryto disse...

Boa sorte no vestibular!!! Felicidades!!!

Moita disse...

Patrick

Muito bom.

E boa sorte no seu vestibular.

Depois avise o resultado, que, certamente, será positivo.
abraços

Santa disse...

Boa sorte no vestibular!!!
Bjs

Antônio Everardo disse...

Desejo-lhe sucesso e boas notas nas provas. Quanto aos compromissos assumidos, não tenho dúvida que os cumprirá, afinal de contas ninguém te cobrou esse posicionamento, foi de livre e espontânea vontade. Aliás, todos que visitam seu blog sairão ganhando e você estará dando sua parcela de contribuição enquanto formador de opinião. Espero que jamais procure fazer "falsas alianças" com quem quer que seja, até porque atitudes dessa natureza só contribuirão para aumentar a promiscuidade nos meios de comunicação. Quanto a você ainda não ter um curso superior, afirmo-lhe que tal situação jamais será óbice para que você continue mostrando o seu talento, afinal de contas vens demonstrando uma verdadeira superioridade frente a outros "blogueiros" que se dizem ou se acham completos. Siga em frente, por tudo o que você já editou, posso afirmar que você não faz parte do time que responde "já vou", estou convicto que você chegará ao seu destino.

Um forte abraço.

TIAGILA. disse...

Parabens,RICARDO VASCONCELOS,por
não ter votado no desgoverno que patrocinou tudo isso.Beijos da
titia.TIAGILA.