26 novembro 2006

Um blog para quem quer pensar e o podcast do Mainardi

Este blog não me dá lucros financeiros, mas vês por outra me dá algumas e boas alegrias. Hoje ao abrir minha caixa de e-mail deparei-me com um e-mail indicando um blog, nada incomun até aí. Até aí, pois eesta indicação foi feita pelo professor Luiz Felipe de Alencastro, autor de O Trato dos Viventes: Formação do Brasil no Atlântico Sul, uma obra inovadora onde o autor propõe uma nova visão da história colonial brasileira.

Luiz Felipe Alencastro agora poderá ser lido com uma intencidade maior, basta visitar seu blog, Seqüências Parisienses, e conferir a inteligência do professor.

A Petrobras e a Bandeirantes - Por Diogo Mainardi

Segundo o Ibope Monitor, de maio a outubro de 2006 a TV Bandeirantes se tornou a segunda maior arrecadadora de verbas publicitárias da Petrobras. É só clicar, ouvir e analisar.


7 comentários:

vizentini disse...

Bela indicação Patrick

a.fulgencio disse...

Alencastro é polêmico. Seu blog será mais um oportunidade de não mais sermos bitolados pela grande mídia. Valeu pela indicação, abraços

brasilsedane disse...

Boa Patrick! Valeu pelas duas indicações

José Alberto Mostardinha disse...

Viva Patrick:

Sempre atento ao fenómeno cultural.
Bem hajas por isso.
Desejo-te uma óptima semana.
Um abraço,

Cfe disse...

Caro Patrick,

Cuidado com o Felipe de Alencastro.

Olha o que achei no site do Olavo de Carvalho:

"Luiz Felipe de Alencastro, nome fidalgo digno de personagem de Eça ou Camilo, é reconhecidamente um sábio. Tão vasto é o seu cabedal de conhecimentos, que foi convidado a reparti-lo nas páginas de Veja , onde é colunista, no recinto milenar da Universidade de Paris, onde leciona História do Brasil, e até no mais poderoso think tank dos EUA, o Council on Foreign Relations (CFR), uma ante-sala da presidência americana.

Em lá estando, e consultado sobre o Foro de São Paulo, o referido saiu-se com estas palavras: “Nunca ouvimos nada a respeito no Brasil. Não sabemos nada disso, e é maluco como essa coisa cresceu – foi um jornalista conhecido como sujeito muito conservador e de extrema direita, que escreve num jornal no Rio, quem começou com toda essa coisa. Nunca ouvimos nada a respeito"

Independente de gostar ou não do Olavo, é preciso muita cara de pau ao afirmar que o Foro de São Paulo não existe.

jonie disse...

este post é paradoxal, de um lado o excelente Alencastro, do outro Mainardi, sem comentarios

claritaveiga disse...

o podcast do mainardi esta mt bopm